Blogueira Emagrece 56kg E Elimina Gordura Das Coxas E Braços Sem Cirurgias; Saiba Como


Como Utilizar KPIs Para Determinar Os Resultados Do Seu E-commerce


De todos os superpoderes do Facebook, quem sabe o mais desconcertante seja a forma como consegue fazer editoras on-line desaparecerem apenas com o toque em um botão. Encontra que estou exagerando? Entretanto há também uma história ilustre de longevidade por este mundinho - e ela vem de Vilnia, pela Lituânia, onde uma editora digital pequena, mas robusta, navega com sucesso as marés cambiantes dos algoritmos do Facebook. Tua história ilustra as qualidades necessárias para a sobrevivência no universo das mídias digitais, dominado hoje pelo Facebook: agilidade, operação enxuta, uma marca certamente definida e um tanto de sorte.


A empresa, a Bored Panda, pode não ser familiar, contudo, se você tem uma conta no Facebook e está respirando, por ventura neste instante viu alguns de seus posts. Talvez tenha sido “Antes e depois: 10 imagens que provam que os homens ficam mais bonitos com barba”, ou “41 vezes em que os motoristas do Uber surpreenderam seus clientes”. Ou quem sabe você tenha assistido a “Shh, Don’t Wake Them”, uma video-montagem de 49 segundos de cães, gatos e ratinhos dormindo pacificamente. Postagem leves e inofensivos como esses fizeram do Bored Panda uma das maiores atrações no Facebook. A organização fez tudo isso sem financiamento externo, ao oposto de potências digitais como BuzzFeed e Vice, que receberam centenas de milhões de dólares.


Também, tem apenas 41 empregados, e seus baixos custos operacionais, e também tua espaçoso popularidade, se transformaram em bons negócios. O fundador Tomas Banisauskas me falou que espera que a organização se torne rentável esse ano, com uma receita entre vinte milhões e 30 milhões de dólares, principalmente vinda dos anúncios que aparecem em seu web site.


Mais um menos 90 por cento do teu tráfego pela web vem do Facebook, ocasionando a mídia social de longe o superior fator no seu sucesso. “É uma organização de fato vantajoso para a gente”, comentou Banisauskas, de trinta e um anos, a respeito do Facebook. A estratégia do Bored Panda segue uma cartilha familiar: ele arrecadação tema gerado por usuários do Reddit, Instagram, Twitter e outras plataformas sociais e o enfeita com manchetes tentadoras. O web site tem a vantagem de aproveitar o assunto gratuito de artistas em ascensão e de outros tipos criativos que querem o tipo de apresentação que uma enorme página de Facebook pode gerar. E eles pedem permissão, sim. E assim como adotou a estratégia de particularidade ao invés quantidade, que parece ter dado certo.


O sucesso não veio descomplicado. Como Banisauskas mais tarde escreveria em um post no Medium, a experiência o ensinou que “a única maneira de sobreviver nessa indústria é montar valor em enorme prazo por meio de seguidores leais”. Os anos seguintes foram uma briga, todavia, em 2013, o Bored Panda começou a observar um acréscimo de visitas vindas de uma nova referência: o Facebook. Seu tema positivo e contente foi um sucesso entre os usuários da mídia social, e o tráfego do web site cresceu 10 vezes em um único ano.


  1. Espalhar teu hiperlink pela Internet

  2. Clique em Precisa de um domínio? Compre um já

  3. Tempo de permanência dos leitores

  4. três - Faça uma pergunta

  5. Como usar o Outlook - configurar o Outlook - dicas e truques do Outlook



No entanto, apesar das intenções dos Banisauskas, estava remoto de ser autossuficiente, pois suas promessas estavam quase que totalmente vinculadas ao Facebook. Contudo a dependência vem com riscos reais. Como por exemplo, o Facebook começou a experienciar um novo design para seu feed de notícias. Essa modificação assustou o universo editorial do Facebook. Várias editoras de países onde o teste está sendo feito se queixaram, falando que o tráfego ali havia despencado do dia pra noite. Um gerente de redes sociais de um web site de notícias pela Eslováquia, um dos países incluídos no teste, classificou a alteração de “a maior queda de alcance orgânico do Facebook que agora vimos”.


A mídia social considerou que planejava continuar testando as alterações por numerosos meses. Rafat Ali, veterano de publicações digitais e diretor executivo da corporação de mídia de viagem Skift, comentou que mudanças algorítmicas específicas quem sabe não vinguem, mas websites como o Bored Panda conseguem ainda ser com facilidade esmagados por futuras experiências do Facebook. “Você nunca sabe quando irão puxar o tapete.


Eles poderiam cessar em um ou 2 anos”, argumentou Ali. Banisauskas entende que o Facebook podes ser um senhorio inconstante, e teme, por ser uma pequena corporação estrangeira especializada em conteúdo de entretenimento, que o Bored Panda esteja numa localização mais precária do que a maioria. Aproximadamente metade de sua audiência ali é americana, e Banisauskas teme que o site possa ser punido na tentativa de combater notícias falsas e campanhas de ação no tipo russo. “Não somos parte do defeito, porém podemos sentir os efeitos colaterais”, disse ele.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *